Leo Mathias

Leo Mathias (Caxias do Sul, 1979). Escultor. Trabalha com diversos materiais, dentre eles o mais utilizado é o concreto celular. Desenvolve principalmente com a técnica do cinzelamento. Demonstrou desde a infância o gosto pela arte, criando pequenas peças em argila. Trabalha suas técnicas de escultura através do somatório de experiências na área de desenho artístico aliado à vastas horas na ajustagem metal mecânica, o que lhe proporcionou trabalhar em três dimensões dando vida a croquis, transformando a matéria inerte em esculturas. Realizou diversas exposições de suas obras: Ponto de Cultura Casa das Etnias, Caxias Plaza, Recreio da Juventude, San Pelegrino Shopping, Galeria Arte Quadros, Café Carême e Centro de Cultura Ordovás localizados em Caxias do Sul, L’américa Shopping em Bento Gonçalves. Usina do Gasômetro, Academia Literária Feminina do Rio Grande do Sul, Sport Club Internacional, Associação Chico Lisboa e Espaço Cultural Correios em Porto Alegre. Centro de Cultura Arno Michaelsen em Gramado. Clube Nacional de Artes Plásticas em Lisboa – Portugal. Carroussel du Louvre em Paris – França. Possui obras em diversas partes do mundo: Berlin – Alemanha, Auckland – Nova Zelândia, Montevidéo – Uruguai, Santiago – Chile, Lisboa – Portugal, Paris – França. Busca inspiração para suas obras na natureza, seja ela da forma mais primitiva como mais complexa. Com um traço simples e contemporâneo, demonstra a cada cinzelada a originalidade do ser. Busca a essência de uma maneira única, transmitindo sentimentos em suas peças.